| Apresentação | A Mata dentro | Agências de Turismo | Aventuras Radicais | Trilhas e Caminhadas | Estudos do Meio |
| História de Brotas | Mais sobre Brotas | Como Chegar | Dormir e Comer | Cultura e Agitos | Reportagens | Mensagens |
| Ecologia em Fotos | Personalidades | Hot Links | Livro de Visitas | Humor | Não achou o que queria? |



A Mata'dentro


Caros amigos e amigas:

Este link da Mata'dentro foi feito há 4 anos atrás,
quando ela era a primeira e única agência de turismo sediada em Brotas.

Em respeito à sua importância, mantida ainda hoje, não atualizamos seus dados,
tornando-a parte integrante da história de Brotas.

Portanto, leia esta página e conheça um pouco de sua história e importância
para o desenvolvimento do ecoturismo em Brotas.
Para ter a programação atualizada da Mata'dentro, acesse o seu site:
Mata'dentro Ecoturismo e Aventura
ou peça informações pelo fone: (014) 653-1915.



Serviços oferecidos
A História da Mata'dentro
Os Pioneiros
O pessoal da casa



indicaçãoSERVIÇOS DA MATA’DENTRO

Na mata’dentro é você quem programa suas aventuras. Ligue, consulte a programação, os horários, as condições de reserva e o restante deixe por nossa conta. Estaremos trabalhando dedicadamente por você, o que para nós, apesar de toda responsabilidade,também é uma grande diversão.

Mata'dentro

indicaçãoHISTÓRIA DA MATA’DENTRO

A história da Mata'dentro vem de 15 anos de lutas ambientais em Brotas. Nossa filosofia é fazer do turismo uma alavanca para o desenvolvimento, sem comprometer a qualidade de vida de nossa comunidade.

Nossos serviços de atendimento, com horários programados e exclusivos para grupos diferenciados, garantem elevada qualidade de experiências.

Dispomos de uma equipe de guias locais de alto nível, oferecendo a você apoio e segurança todo o tempo.

Nossos roteiros são oferecidos com toda a infra-estrutura:transporte, equipamentos e alimentação adequada.

Para isso é só fazer sua reserva. Geralmente não precisa ter grupo mínimo. Você vai acabar conhecendo um montão de gente que fará parte de seu grupo e de momentos inesquecíveis.

Se quiser ficar mais um dia, também reservamos sus hospedagem nos hotéis, pousadas ou nas casas e chácaras de aluguel para temporada. Em finais de semana ou feriados, oferecemos pacotes completos com as melhores combinações dos roteiros.

DETALHES SOBRE A FUNDAÇÃO DA MATA’DENTRO

A Mata’dentro iniciou seu trabalho de operadora turística no município de Brotas no início de 1993.

Sua fundação foi conseqüência da participação em movimentos e lutas ambientalistas desde meados da década de 80. Na década de 90, liderava as lutas contra a instalação de indústrias polidoras no município de Brotas, com a criação do Movimento Rio Vivo, uma das primeiras ONGs do estado de São Paulo.

Precisávamos então, propor outras alternativas de desenvolvimento para Brotas, e nesse sentido o ecoturismo se apresentava como a mais atraente das possibilidades. Um caminho onde não houvesse concorrência entre crescimento e perda de qualidade de vida de nossa comunidade.

Desde então a Mata’dentro vem promovendo e solidificando as bases do turismo sustentável em Brotas, agregando serviços para transformá-los em produtos turísticos com características bastante próprias, modelo que vem sendo alvo de muito interesse na concepção de novos pontos atrativos.

Nossos serviços buscam oferecer ao visitante uma elevada qualidade de experiências, através de um atendimento personalizado e da colaboração de uma equipe de mais de trinta guias locais, que melhor que ninguém podem mostrar todas as nossas belezas, zelar por sua segurança, bem como pela preservação dos locais visitados. Nossos roteiros são exclusivos, havendo limite de vagas em cada saída. Assim você pode curtir sem tumulto a natureza que vamos lhe oferecer.

Mas sabemos que além de bons serviços, o que faz da Mata’dentro referência em ecoturismo é nossa filosofia de trabalho, onde a atividade turística deve, antes de ser economicamente sustentável, ser ambientalmente sustentável. Por isso, quando visitar Brotas traga consigo uma nova postura, onde além de usufruir da natureza você possa deixar um pouco de sua colaboração, pois pode ter certeza de que após sua partida, continuaremos lutando para que em sua próxima e provável visita, possa ainda curtir tudo o que o fez voltar.

ATENDIMENTO

Esse trabalho pioneiro de 5 anos, consolidou o nome da empresa colocando-a junto das mais significativas operadoras do segmento de ecoturismo e aventura. Hoje a empresa atende uma média de 600 fax/mês, sendo 80% desse total proveniente da Capital (São Paulo). Nossos roteiros e pacotes são oferecidos por muitas outras agências, representando 40% do público atendido mensalmente.

Segundo pesquisa dos cadastros da agência, pelo menos 60% de seu público possui formação universitária, e o perfil do público , em geral é concentrado grande parte nas classe A e uma outra parcela menor na classe B, sendo visivelmente um público formador de opinião.

Para atender esse perfil exigente de público, a Mata’dentro investe muito na qualidade e segurança de seus roteiros - treinamento de seus guias, equipamentos adequados, seguro viagem e assistência hospitalar no caso de incidentes. Além disso procura oferecer atendimento personalizado apesar do grande fluxo de passageiros/mês.



PERFIL

Número de funcionários: 6 fixos

30 guias autônomos

6 motoristas entre ônibus e caminhões

indicaçãoCONHEÇA OS PIONEIROS DO TURISMO EM BROTAS.



Renato Scatolin

Data nascimento: 24/03/73 - 25 anos

renato

Brotense de nascimento, pode vivenciar, desde muito pequeno as delícias da natureza de Brotas e cultivar seu amor por esta cidade. "Minha infância foi uma típica infância do interior: a turma do beco, a escola, as brincadeiras nas ruas e nos fundos dos grandes quintais, encima das jabuticabeiras e das laranjeiras (dos vizinhos), e depois, a descoberta do Rio Jacaré, que reunia toda a turma em nossas grandes aventuras de Bóias. Geralmente chegávamos a descer o rio quatro vezes ao dias, mas nunca cansávamos. Era sempre uma nova experiência a cada descida"

Após o ginásio resolveu buscar novos rumos, quando foi a São Carlos cursar o 2º grau para ingressar na faculdade. Em 1992 foi aprovado no vestibular da Unesp - Bauru, no curso de engenharia civil. Nessa mesma época, como membro do Movimento Rio Vivo, começava a liderar a movimentação que queria barrar a vinda de indústrias poluidoras para Brotas e apostava no turismo como fonte de renda e desenvolvimento sustentável para a cidade, fazendo parte da criação da Mata’dentro - ecoturismo.

Quatro anos se passaram e em 1996, após quatro anos de curso, abandonou a engenharia definitivamente para trabalhar com o que lhe dava mais prazer: o Ecoturismo e a agência Mata’dentro, onde está até hoje como um dos proprietários.

"Quando, há cinco anos, falávamos em ecoturismo; no potencial de Brotas, éramos alvo de chacota. Poucas pessoas acreditavam que algum dia alguém "perderia tempo" para visitar nossa cidade. Também não era para menos; tão acostumados que estavam com o rio e a natureza daqui, que não davam o menor valor, além do que, muita coisa ainda ninguém conhecia, só tomando conhecimento após a catalogação feita pelo Rio Vivo. Mas hoje é diferente. A forma como procuramos organizar o turismo na cidade: com muita cautela, sem pressa e de forma direcionada, mostrou que estávamos com a razão. Hoje o turismo é uma realidade que temos que manter viva. Para isso é necessário continuar a educar e mostrar que apenas com respeito ao ambiente e as pessoas é que se consegue isso"

"Resumindo todo o processo de desenvolvimento de turismo na cidade, poderia citar o seguinte ditado de Artur Schopenhauer:

TODA VERDADE PASSA POR TRÊS ETAPAS:

PRIMEIRO ELA É RIDICULARIZADA;

DEPOIS, É VIOLENTAMENTE ANTAGONIZADA;

POR ÚLTIMO, ELA É ACEITA UNIVERSALMENTE COMO AUTO EVIDENTE"

Ainda estamos na segunda fase"

Para falar com Renato: zirigue@zipmail.com.br

 

 

José Carlos de Francisco Jr.



"Sou do interior e minha cidade tem um rio. Muitas também tem! Mas não como o meu!!"

junior

Venho de imigrantes italianos, que no início do século 20, escolheram Brotas para começar vida nova. Nasci em abril de 1964, e até hoje, moradores antigos me chamam pelo nome de meus bisavôs. Minha família sempre teve uma relação muito forte com o rio Jacaré-Pepira, meu bisavô e avô eram carpinteiros e construíam barcos, meu avô, pai e tios sempre nadavam e pescavam em suas águas. Da janela do velho casarão, de meus bisavôs, eu via o rio cortando a cidade, lento e calmo, logo abaixo, sumia, rolando suas águas nas pedras de um salto, quebrando o silêncio da noite.

Sem perceber que o tempo passava, passei por ele feito moleque, jogando peão, brincando de soldado, médico e de "circo"; Jogando lesca ou taco, queimada e futebol. No meu mundo de sonhos, vivi muitas vidas, morei no forte apache, depois na África, com DaKtari, Tarzan, leoa Elza, boy e a macaca Chita. Assistindo Mundo Animal, vendo as aventuras do urso Ben, a vida nos Parques, sonhei em um dia ser guarda parque e/ou integrante da polícia montada do Canadá. Com o pé no chão, sujo de terra, entre sonhos e brincadeiras, meu vínculo com a natureza se moldava. Entre arapucas e gaiolas, aprendi a valorizar a liberdade. Com o rio e suas corredeiras, balsas de bambus e bóias, aprendi a respeitar meus limites. Com coelhos, galos, galinhas, peixes, cavalos, vacas, e outros bichos, virei "bixo" da faculdade de Zootecnia, onde me formei em 1987. Optei por uma profissão que permitisse minha permanência no interior. E foi aqui que passei grande parte de meus anos. Morei em Jaú, 7 anos, em Pirajuí, 1 ano, Uberaba, 4 anos, Piracicaba, 9 anos. Depois de algumas ausências, de idas e vindas, com olhos de adulto, hoje, olho as ruas, esquinas e janelas, e nelas, vejo as mesmas pessoas. Vejo também, amigos nos bares, ruas cheias de gente misturando com os carros, modernizando a antiga tradição do "footing", todos passando o tempo de uma noite de sábado. Percebo que, além dos meus, outros olhos, olhos curiosos de turistas, agora fazem parte de nossas vidas.

Em 1988, nas proximidades de Brotas, com o pé na roça, tentando achar uma brecha, para um dia voltar, agora morando em Piracicaba, continuei estudando, sempre atraído pelo novo, pelo conhecimento e pela própria Universidade, trabalhei e fiz mestrado na ESALQ - USP. Terminei meu mestrado em Ciência Animal e Pastagens, em 1994 e lá permaneci trabalhando como pesquisador, especializado em subprodutos fibrosos para alimentação de ruminantes até 1996.

Na década de oitenta, sempre com um pé em Brotas, principalmente no que se refere ao meio ambiente, participei e fui influenciado pelo movimento ambientalista da época, que estimulou a criação do Conselho Municipal de Meio Ambiente e do Consórcio Inter municipal do rio Jacaré-Pepira.

Em 1992, junto com um grupo de brotenses ambientalistas, ajudei a fundar a ONG - Movimento Rio Vivo, inicialmente para impedir a instalação no município de um grande empresa curtumeira. No mesmo ano, com o mesmo grupo, ajudei a catalogar todas as cachoeiras do município e lutar pela implantação do Turismo Sustentável. Em 1993, com alguns integrantes do movimento, fundei a empresa Mata’dentro ecoturismo. Aos poucos o que era "hobby", virou profissão, proporcionando uma nova guinada em minha vida, o que era lúdico, virou realidade, o que era brincadeira de moleque , virou produto turístico. Viver todo este processo, me mostrou que o ecoturismo não se decreta, mas se constroí, dia após dia.

Hoje, compartilho com meus companheiros do movimento Rio Vivo, um prazer que é de poucos: o de ser pioneiro. E me permite, de alguma forma, viver todas as aventuras da infância, sempre com novos amigos, os turistas.

Dados Pessoais

Nome: José Carlos de Francisco Junior

Data Nascimento: 13/04/1964

Endereço Residencial: Av. Rodolfo Guimarães, 823

Brotas - SP Cep: 17380 000

 

 

indicaçãoO Pessoal da Casa:



Nossas queridas secretárias

Secretárias
Marlene,Carol e Édna


Nossos queridos guias

BOIACROSS

Guias boiacross
Da esquerda para Direita: Fabinho, Jone (abaixo), Wandão, Tico, Luciano (sentado)Levon, Alizangela, Branco, Edsinho, Enéas, André



RAFTING

Guias rafting
Da esquerda para a direita: Atrás: Murilo, Buza, Márcio, Júlio, Luiz, Fabinho, Genildo (alemão)

Frente: Wander (Vandão), Ricardo (Brejão), Ivo, Guilherme



TRILHAS

Guias trilha
Da esquerda para Direita: Pitu, Tico, Rober (escondido), Fabio, Edsinho, (atrás), Fernando, Alizangela e Enéas.



CANYONING/RAPEL

Guias de Canyoning
Márcio e Jean Claude.


NT SIZE=4>